Abrindo meu Coração- Vivendo com Síndrome do Pânico

     Olá pessoal, hoje eu abro meu coração para vocês! Sim, porque não contar o que se passa comigo já que vocês sempre participam de tudo... Eu espero que esse post e talvez até uma (série), me ajude e ajude a vocês, que aqui possamos trocar ideias e nos ajudar sempre.
   Bom, vocês não sabem mas eu tenho uma ansiedade muito alta, o que em fez desenvolver a SÍNDROME DO PÂNICO (Caso não saiba sobre síndrome do pânico, clique aqui) e junto com ela a DEPRESSÃO.  Abaixo eu vou tentar resumir minha História para vocês.
" Tudo começou aos 15 anos com uns episódios espaçados de uma crise panico que foi rapidamente controlada, nessa época eu nem sabia do que se tratava e como não aconteceu mais nada eu não dei importância e levei minha vida normalmente. Aos 18 anos eu me senti mal no cursinho pré vestibular e foi a partir dai que tudo mudou. Nos dias seguintes eu não conseguia mais ficar na sala, tinha a impressão que passaria mal novamente e isso passou a acontecer em todo lugar: na igreja, no cursinho, no ônibus onde eu fosse esse mal estar me seguia.
Foi então que minha família me levou ao psiquiatra e constatou o panico e iniciei o tratamento com a medicação, segui por um tempo e minha vida começou a se acalmar. O que ne fez cometer o erro de abandonar o tratamento e após um ano tudo voltou.
E voltou com sua intensidade máxima, com crises terríveis que me fizeram trancar o semestre da faculdade... em resumo parei a minha vida, fiquei muito mal e foi ai que surgiu a depressão. Mais uma vez iniciei o tratamento com a medicação, mas tudo foi mais devagar.. chamo esse período da minha vida de "Período das trevas" e não desejo a ninguém que tenha algo do tipo.
Bom, dessa vez não abandonei o tratamento, mas foi a minha força de vontade que me fez e me faz seguir adiante todos os dias, consegui voltar a faculdade, me formar e tocar a minha vida."
     Mas o que eu gostaria de falar é que ainda hoje, convivo com esses pequenos monstros que só eu posso domar e queria contar com vocês para me "ouvirem"... Então caso tenham interesse em saber mais sobre o que é tudo isso, o que fiz e faço para driblar tudo isso, deixe seu comentário e me fale se eu devo continuar com essa série aqui no blog ou não.
Um beijo e obrigada por me ouvirem... Agnes
p.s: Contei tudo bem resumido e sem entrar em detalhes, por isso peço que se alguém tiver o interesse no tema me fala, que irei falar e ate gravar videos com o maior prazer.

2 comentários:

  1. Oi Agnes,
    Eu tenho uma amiga que está trancada em casa há 10 anos por conta desta Síndrome. Dizem que é algo assustador.
    Espero que vc encontre a saída deste labirinto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Agnes, já passei por isso de verdade fiquei comovida com seu post porém quando vc fala de sintomas não consigo nem ler sabe, com medo de lembrar dessa fase que hoje é passado, vc pode ter certeza que vai passar...algumas recaídas podem acontecer mais vai passar..nem eu nem sei se vou ter crise de novo mas a pior coisa é pensar no futuro (problemas das pessoas ansiosas vc sabe rss). Tenha uma certeza: vc vai sair dessa, pense no hoje e esqueça os dias ruins do passado nem projete o futuro...vc tem força!! Importante : não deixe o tratamento ate q seu medico te der alta ok?... as vezes demora mas o tempo não importa e sim o resultado futuro!
    estou torcendo por vc
    Bjãoo

    ResponderExcluir

Pink girl's gostaram do post?!
Deixe aqui a sua opinião =D
Vou responder com carinho!
Beijos Cor de Rosa.